ARQUIDIOCESE
de Pouso Alegre

Paróquia jubilar: 25 anos evangelizando em Pouso Alegre - por Pe. Andrey Nicioli


Data marcante para a Paróquia São João Batista, em Pouso Alegre, nesta terça-feira (17). Hoje ela celebra 25 anos de fundação. Há meses essa data vem sendo preparada por toda a comunidade paroquial, com a realização de celebrações e eventos. Os festejos tiveram início às 18h30, com uma procissão saindo da conhecida "Igrejinha" (na entrada do bairro) com a imagem de São João Batista e com as imagens dos padroeiros das comunidades até a Igreja Matriz.

A Celebração da Eucaristia começou em seguida, sendo presidida pelo Vigário Geral da Arquidiocese de Pouso Alegre, Cônego Wilson Mário de Moraes. Concelebraram os padres Ivan Paulo, Daniel Santini, Fábio Leão, Francisco José, Vanildo de Paiva e o pároco, padre Edson Aparecido da Silva.

Um vídeo produzido pela Pastoral da Comunicação da Paróquia com fotos antigas e todos os padres que por lá passaram foi reproduzido, recordando a história daquela Paróquia. 

O Arcebispo Metropolitano, Dom José Luiz Majella Delgado - C.Ss.R., celebrou na paróquia no último domingo (15), onde também ministrou o sacramento da Crisma para 55 jovens. A presença do Arcebispo se deu durante o segundo dia do tríduo em preparação ao jubileu. 

História

Em setembro de 1981, quando ainda pertencia à paróquia Imaculado Coração de Maria (Santuário), a comunidade São João se aelgoru com a passagem indelével dos padres redentoristas por Pouso Alegre. Iniciada em maio daquele ano, a preparação para as missões possibilitara um levantamento detalhado da realidade das famílias residentes no bairro São João. Durante os 19 dias de missões, além das celebrações e visitas às casas dos moradores, houve batizados de crianças e adultos.

Onze anos depois, em 17 de outubro de 1992, o Arcebispo Dom João Bergese determinou a criação da Paróquia São João Batista. A decisão levou em consideração a necessidade da presença de um sacerdote na comunidade, que já reunia condições para a sustentação do culto divino e do pároco com recursos próprios. Coube ao padre Jésus Benedito dos Santos a tarefa de ser o primeiro administrador paroquial, função que exerceu até janeiro de 1997, quando tomou posso o primeiro pároco, padre Vanildo de Paiva. 

Um dos acontecimentos históricos vivamente presentes na memória da paróquia foi o primeiro casamento comunitário, ralizado em outubro de 1997 para regularizar a situação de 29 casais que já viviam maritalmente. Em 2015, o pároco da época, padre Vanderlei Xavier, iniciou a reforma completa da Igreja Matriz, obra sendo finalizada com padre Edson Aparecida da Silva.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Publicado no dia 17/10/2017