ARQUIDIOCESE
de Pouso Alegre

Movimento "mães que oram pelos filhos" é apresentado ao CAP - por Pe. Andrey Nicioli


O Conselho Arquidiocesano de Pastoral (CAP) acolheu na manhã deste sábado (11) o movimento "Mães que oram pelos filhos", que há dois anos vem se desenvolvendo pastoralmente no território arquidiocesano. O movimento tem como carisma a restauração das famílias pelo poder da oração de intercessão, sendo que a vivência desse carisma é tanto para as mães biológicas como as adotivas ou espirituais. A padroeira do movimento é Nossa Senhora de La Salete e copadroeira Santa Mônica. 

Na Arquidiocese de Pouso Alegre já são 16 grupos que vem se reunindo periódicamente para oração e reflexão em algumas paróquias, sendo elas: Monte Sião (4), Senador Amaral (2), Santa Rita do Sapucaí (1), Bueno Brandão (1), Congonhal (1), Andradas (2), Ouro Fino (2), Marmelópolis (1), Cachoeira de Minas (1) e Munhoz (1). 

Os encontros ocorrem nas igrejas ou em algum salão, sempre com autorização do padre, uma vez por semana, com duração entre 1h e 1h30, seguindo a estrutura: 

- Oração do terço mariano e/ou terço pelos filhos;

- Escola de Nazaré: uma formação bíblica enviada pela coordenação nacional do movimento. A mãe, como orientadora de seus filhos, necessita de um crescimento apostólico para viver o Evangelho e assumir seu compromisso vocacional. Esta formação quer preparar a mãe para ser uma evangelizadora unida a Cristo na ação do Espírito Santo;

- Momento oracional: Palavra de Deus (Lectio Divina) e orações de intercessão;

- Oração final própria do movimento; 

Origem do movimento

O primeiro grupo surgiu em Vitória (ES) com 20 mães que traziam um desejo de rezar pelos seus filhos. Mesmo sem ainda compreenderem a vocação espiritual de uma mãe, no interior de cada coração já existia uma sede de Deus. Grupo foi fundado em 2011 e passou a ser reconhecido pelo Arquidiocese de Vitória através de Dom Luiz Mancilha Vilela, tendo como fundadora Ângela Abdo e como orientador espiritual o padre Anderson Gomes. Conheça mais a história desse movimento. 

 

 

 

 

Publicado no dia 11/08/2018