ARQUIDIOCESE
de Pouso Alegre

Comunidade de Caldas prepara homenagem póstuma ao padre Poggeto - por Pe. Andrey Nicioli


No próximo dia 20 de dezembro, caso estivesse vivo, o padre Sebastião Pereira Dal Poggeto celebraria os seus 60 anos de vida presbiteral, dos quais 30 ele esteve à frente da Paróquia Nossa Senhora do Patrocínio em Caldas. Por isso, a comunidade paroquial e também a pastoral presbiteral da Arquidiocese de Pouso Alegre quer prestar essa homenagem ao padre Poggeto. Assim, neste dia, às 19h, uma miss será presidida na Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, local onde padre Poggeto está sepultado.

"Padre Poggeto eeixou marcas profundas nas comunidades de fé pelas quais passou e em nosso clero. Desde antes de seu passamento, a comunidade caldense, através do pároco e das lideranças, estava motivada e se organizando, em vista do jubileu de diamante de ordenação do Pe. Poggetto que, além de ter sido pároco por tantos anos, é o primeiro sacerdote filho daquela paróquia. Infelizmente, seu passamento impediu que um ano celebrativo-vocacional marcasse esse acontecimento. Apesar disso, a Paróquia Nossa Senhora do Patrocínio permanece firme no desejo de assinalar, de forma orante e fraterna, este acontecimento central na rica história evangelizadora de uma das 'paróquias mães' de nossa Arquidiocese", escreveu o arcebispo metropolitano, dom José Luiz Majella Delgado - C.Ss.R., ao clero. 

Biografia

Padre Poggeto faleceu no dia 07 de março de 2018 em Caldas. 

Filho de Luiz Augusto Dal Poggetto e de Dona Ana Cândida Pereira Dal Poggettto, nasceu em Caldas aos 29 de abril de 1929. Teve a alegria de ser o primeiro filho de Caldas a receber a Ordenação Sacerdotal, conferida por Dom Oscar de Oliveira, no dia 20 de dezembro de 1958.

No inicio de seu ministério padre Poggetto foi designado auxiliar do Monsenhor Alderigi em Santa Rita de Caldas, permanecendo nessa função por seis anos. Cultivava imenso carinho pelo Monsenhor Alderigi que o havia batizado.

Em março de 1959 foi criada a nova Paroquia São Benedito em Ibitiura de Minas, onde, concomitante com sua atividade em  Santa Rita de Caldas, foi nomeado primeiro pároco. Naquela cidade iniciou intenso trabalho e melhorias até 1975, quando  a pedido de Dom José D’ Ângelo aceita deixar Ibitiura de Minas e, no dia 05 de agosto do mesmo ano, toma posse como pároco da paróquia Nossa Senhora do Patrocínio em Caldas, à frente da qual esteve até agosto de 2004. Durante esses anos foi intensa a atividade pastoral e administrativa de Pe. Poggetto. Estando em Caldas foi incumbido por Dom José de acompanhar o movimento das CEBs na arquidiocese. Em 1983 celebrou seu Jubileu de Prata  e em 2008 cinqüenta anos de vida sacerdotal, onde,  com toda sua espontaneidade, dirigiu aos seminaristas e padres essa mensagem:

“Acatem sempre a orientação de seus superiores, ponham em prática o que lhes forem ensinado, sejam humildes. Quem obedece não erra nunca”. Padre Poggetto definia sua trajetória sacerdotal como uma simples palavra: obediência. 

 

Publicado no dia 11/12/2018