ARQUIDIOCESE
de Pouso Alegre

Paróquias realizam coleta de donativos para Brumadinho - por Pe. Andrey Nicioli


Pelo menos duas paróquias da Arquidiocese de Pouso Alegre estão fazendo campanhas para ajudarem as vítimas da tragédia de Brumadinho, após rompimento da barragem Mina Córrego do Feijão. Segundo padre Rodrigo Carneiro, pároco e reitor do Santuário Nossa Senhora da Medalha Milagrosa de Monte Sião, apesar da Defesa Civil dizer que não precisa de mais doações, todo o material recolhido será enviado para a Arquidiocese de Belo Horizonte que vem organizando a distribuição.

"Eu entrei em contato com a arquidiocese de belo horizonte e eles realmente falaram que a Defesa Civil tem pedido para ninguém mandar nada pra lá porque o pesssoal está levando onde está acontecendo as buscas e lá é uma coisa complicada e está atrapalhando realmente. A Arquidiocese de Belo Horizonte está juntando tudo isso em algumas paróquias e vai distribuir tudo isso de forma ordenada com o passar do tempo agora", afirmou. 

A outra paróquia da arquidiocese de Pouso Alegre que vem organizando as doações é a de São João Batista de Cachoeira de Minas. 

Em um vídeo no site da Arquidiocese de Belo Horizonte, o bispo auxiliar dom Otacilio Ferreira de Lacerda, diz que "a campanha pelas vítimas da tragédia de Brumadinho continuam. Precisamos de roupas em bom estado, muita água potável e alimentos não perecível". As doações podem ser entregues (todos os dias, das 8h às 18h) no Vicariato Episcopal para a Ação Social e Política, que fica na Rua Além Paraíba, 208 – Lagoinha (31.3423-2187/3422-7141). Para a população de Brumadinho as doações podem ser entregues na Paróquia São Sebastião.

Também é possível doar pela conta: Banco do Brasil, Agência 3494-0, Conta Corrente: 26227-7 (CNPJ:17.505.249/0280-80 - Mitra Arquidiocesana de BH - Vicariato Episcopal para a Ação Social e Política)

Brumadinho é um dos 28 municípios que fazem parte da Arquidiocese de BH. As paróquias da cidade estão mobilizadas para ajudar, junto com toda a comunidade de fé da Arquidiocese de BH.

 

 

Publicado no dia 30/01/2019