ARQUIDIOCESE
de Pouso Alegre

Clero se reúne para manhã de oração e espiritualidade no Seminário Arquidiocesano - por Pe. Andrey Nicioli


No dia em que a Igreja celebra a Solenidade do Sagrado Coração de Jesus e também o dia de oração pela Santificação dos Sacerdotes, o clero arquidiocesano se reuniu nesta sexta-feira (28) no Seminário Arquidiocesano Nossa Senhora Auxiliadora, para uma manhã de espiritualidade, reflexão e partilha. O encontro teve início às 09h30, com a recitação das Horas Médias.

Na sequência, padre Adilson Rocha fez uma partilha espiritual a partir da figura de Moisés e sua relação com a vocação de cada padre.

"Em Moisés encontramos uma dimensão fundamental: ser guia espiritual do povo. Nós somos chamados a ser guias espirituais. Somos mediadores. Moisés é mediador. Torna Deus presente na vida do povo e o povo presente em Deus. Moisés ensinava o povo a seguir atrás de Deus. No deserto, só é possível se viver a partir da fé em Deus. Deus dá, concede as graças, mas alguém precisa interpretar os significados desses dons", afirmou.

Ainda segundo padre Adilson, a primeira Graça de Deus é a multiplicação do povo. Porém, essa bênção também significa contradição, porque há a perseguição.

"O motivo da perseguição é a vida em abundância. O faraó representa uma figura contrária à Deus. Na nossa pequenez, desvendamos o mistério de Deus, um mistério que desconcerta os grandes e poderosos. Não basta escravizar, é preciso matar. Mas os pequenos sempre vencem, porque Deus está com eles", refletiu.

Cada padre, em seguida, teve um momento de silêncio para rezar e resgatar o chamado que Deus lhe fez. Todos retornaram para a Capela, onde todos os padres participaram da adoração e bênção do Santíssimo Sacramento.

O encontro foi finalizado com o almoço. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Publicado no dia 28/06/2019